Crítica: Adoráveis Mulheres

Quinta-feria, 9 de janeiro de 2020                                                                                                                Texto: Patrícia Piquiá

 

O drama estrelado por Saoirse Ronan, Emma Watson, Florence Pugh, Eliza Scanlen, Timothée Chalamet, Laura Dern e Meryl Streep é baseado no romance clássico (Little Women) e também nos escritos de da escritora americana Louisa May Alcott e foi dirigido e roteirizado por Greta Gerwig, de “Lady Bird”.

 

Adoravéis Mulheres.jpeg

 

O filme explora a vida das irmãs MarchMeg, Jo, Amy e Beth – de sua família e de seus amigos próximos, especialmente Laurie, nos anos 1860, na Nova Inglaterra, durante e após a Guerra Civil Americana. O livro já foi diversas vezes adaptado para o cinema, TV e demais mídias, mas essa nova versão trás um frescor a história das irmãs March para as novas gerações.

 

Diferente do livro, que começa da infância das irmãs até sua fase adulta, o filme tem duas narrativas, começa mostrando a vida adulta das irmãs, particularmente após Meg, Jo e Amy saírem de casa e por meio de flashbacks relembram momentos importantes da sua infância. O livro é quase autobiográfico, pois foi fortemente inspirado na vida da própria autora Louisa e na vida de suas irmãs, sendo Jo seu alter ego.

 

Resultado de imagem para adoraveis mulheres 2020

 

Eu gostei muito do filme é um filme delicado, feminino e que trata muito do papel da mulher na sociedade e nas escolhas que ela tem que fazer para sobreviver ou viver da melhor forma possível. Jo é independente, fora dos padrões, ansiosa, destemida e inteligente como a heroína que toda a menina quer ser.

 

Greta foca no papel vanguardista de Jo, como reflexo do que Louisa foi, contando a importância da sua luta por autonomia criativa e pelos direitos autorias de seus escritos e sem muitos spoilers, tem uma mudança no final, singela, mas muito significativa para demonstrar a importância dessa independência na luta das mulheres por igualdade de direitos.

 

Resultado de imagem para adoraveis mulheres 2020

 

E o elenco é primoroso, todas a irmãs brilharam em especial Saoirse como Jo e Florence Pugh como Amy, Timothée é super charmoso como Laurie, Laura Dern, a emoção certa como a mãe das irmãs March e Meryl sempre maravilhosa como a tia chata, até de chata ela brilha.

 

O filme estreou dia 09 de janeiro no Brasil.

counter free