Crítica: Pequenos Incêndios em Toda Parte

Quarta-feira, 26 de maio de 2020                                                                                                                    Texto: Patrícia Piquiá

 

A minissérie de drama do Prime Video é estrelada por Reese Witherspoon e Kerry Washington e é baseada no livro de mesmo nome de Celeste Ng.

 

Little Fires Everywhere | Primeiras impressões do seriado (Hulu/Amazon)

 

A minissérie conta a história de duas mães Elena (Reese Witherspoon)  e Mia (Kerry Washington) muito diferentes que tem a vida revirada quando se conhecem. Elena é uma dona de casa típica americana, mãe de 4 filhos que concilia a vida social familiar, um emprego em um pequeno jornal e um negócio de aluguéis de imóveis.

 

Um dia Mia e sua única filha param na cidade e Elena resolve alugar um de seus apartamentos a ela. Nessa convivência explosiva questões como maternidade, racismo e privilégio são abordados. Como o título da minissérie fala, tudo começa de forma muito sútil e que depois vai culminando no problema que tentamos fingir que não existe, mas está sempre lá.

 

Eu vi e recomendo, diferente do livro o filme aborda de uma forma mais enfática, mas bem sensível, a questão racial e socioeconômica do privilégio branco, muito por conta do envolvimento de Kerry Washington na produção. Questões muito em foco durante a pandemia e que demonstram a relevância na série.

 

As atuações de Reese e Kerry são muito marcantes trazendo todo o peso necessário para demonstrar as sutilezas que culminam na explosão de emoções sentidas por suas personagens e que nos fazem ter mais empatia à trama.  E as pequenas reviravoltas, mas muito interessantes que também ocorrem na trama até seu final demonstram a excelência da produção que fazem da série uma das melhores de 2020.

 

A série estreou dia 22 de maio na Amazon Prime Video.

 

 

Nota: 5,0 / 5,0