Crítica: Pets – A Vida Secreta dos Bichos 2

Quarta-feria, 26 de junho de 2019                                                                                                                     Texto: Patrícia Piquiá

 

Sequência da animação de 2016 agora mostrará as novas peripécias dos bichinhos de estimação Max, Duke, Chloe, Gigi e Bola de Neve e o que eles fazem quando se vêem sem os donos por perto.  

  

 Crítica do site Paty Nerd sobre a animação Pets – A Vida Secreta dos Bichos 2.

 

Nessa continuação vemos que Max não está lidando tão bem com algumas mudanças em sua vida.  Katie se casou e agora tem um lindo bebezinho chamado Liam. Max se torna super-protetor e passa boa parte do tempo preocupado com o menino tanto que acaba desenvolvendo um tique nervoso. Ao viajar para uma fazenda, sua ansiedade fica ainda maior em contato com animais que ele não conhecia. Enquanto isso, Gigi assume papel de mãe e tenta resgatar o brinquedo favorito de Max em uma casa repleta de gatos pouco amistosos. E o fofo Bola de Neve lida com seus delírios de grandeza na pele de um super-herói. Será que Max, Bola de Neve, Gigi e o resto da turma terão coragem suficiente para encarar seus maiores temores?

 

 

Eu gostei muito da parte 2 eu achei o enredo muito mais amarrado e divertido do que o primeiro. Nele vemos muito mais a interação dos bichinhos com os humanos e mais das diferenças entre eles, como os cachorros tem atitudes mais protetoras e os gatos autônomos e independentes.

 

 

Eu acho que a dublagem de Dalton Mello dá muito mais frescor e jovialidade a Max e no geral a dublagem brasileira está muito boa e divertida.

 

A animação estreia nos cinemas no dia 27 de junho

Visualiações
contador de acesso
MEU IP