Crítica: Turma da Mônica – Laços

Quarta-feria, 26 de junho de 2019                                                                                                                     Texto: Patrícia Piquiá

 

Neste primeiro live-action da Turma da Mônica, adaptação dos personagens dos quadrinhos criados por Mauricio de Sousa há mais de 50 anos e é baseado na graphic novel de mesmo nome criada pelos irmãos Vitor e Lu Cafaggi.  

 

Resultado de imagem para Turma da Mônica – Laços

 

Mônica, Cebolinha, Magali e Cascão reforçam seus laços de amizade ao embarcar numa grande aventura para esclarecer o desaparecimento do Floquinho, o cachorrinho do Cebolinha. A história começa contanto como Cebolinha bola mais um plano infalível para roubar o Sansão, o coelhinho de pelúcia da Mônica, e se tornar o dono da rua. O plano não dá certo novamente, mesmo com a ajuda do seu melhor amigo, o Cascão. Mas as coisas se complicam de verdade quando o Floquinho, o cachorrinho de estimação do Cebolinha, desaparece. Mônica, Magali e Cascão se juntam a ele numa grande aventura. Eles se embrenham na floresta para encontrar o Floquinho e descobrem que seus laços de amizade são mais importantes do que os conflitos e as diferenças.

 

Resultado de imagem para Turma da Mônica – Laços floquinho

 

Eu recomendo muito o filme especialmente aos fãs dos quadrinhos e os adultos vão se emocionar com a história que resgata muito a infância lúdica e simples do interior, recheada de brincadeiras de rua e muita aventura nas ruas do bairro do Limoeiro, mas que nos conecta aos nossos bairros da infância dos anos 80 e 90, muito diferente da era tecnológica da atualidade.

 

Resultado de imagem para Turma da Mônica – Laços

 

O elenco foi muito bem escolhido, especialmente as crianças, Giulia Benite (Mônica), Kevin Vechiatto (Cebolinha), Laura Rauseo (Magali) e Gabriel Moreira (Cascão), que com seu carisma, representam muito bem esses personagens que são quase um patrimônio intelectual do Brasil, uma responsabilidade muito grande que eles muito bem conseguiram entregar do começo ao fim.

 

Resultado de imagem para Turma da Mônica – Laços louco

 

Os adultos são meros coadjuvantes e fazem muito bem o seu papel, em especial Rodrigo Santoro, que faz uma interpretação curta mais muito marcante de Louco, outro personagem marcante dos quadrinhos de Maurício de Souza.

 

Não percam essa aventura que chega aos cinemas no dia 27 de junho.

 

 

Visualiações
contador de acesso
MEU IP